,

Promoção!

Medalha Milagrosa Oval Grande Prata 925

R$ 250,00 R$ 190,00

5% de desconto no boleto

1 em estoque

Descrição

Medalha Milagrosa Oval Grande Prata 925

Medidas : 4,20 cm (com argola) x 2,10 cm

Única Peça, Pronta entrega.

Peça oca.

Dúvidas?

WhatsApp: 82999733583

Envie-nos um e-mail: contato@marciojoalheiros.com.br

Em 27 de novembro de 1830 Nossa Senhora apareceu à noviça Catarina Labouré, da Congregação de São Vicente de Paulo, em Paris, França. A Santíssima Virgem revelou-se ali como Nossa Senhora das Graças. Em seguida, na visão, Nossa Senhora revelou a frente e o reverso da Medalha e pediu que Catarina mandasse cunhá-la, dizendo que quem a portasse com fé e devoção receberia muitas graças. Em pouco tempo, mais de um milhão de Medalhas tinham sido distribuídas e milhões de graças tinham sido derramadas em várias partes do mundo. E a Medalha revelada pela Virgem Maria é cheia de símbolos poderosos e cheios de significados. Vamos compreendê-los. Na frente da Medalha

Nossa Senhora das Graças

A imagem de Maria que aparece na frente da Medalha é a de Nossa Senhora das Graças. Sabemos disso por causa de alguns sinais: 1) Sua maneira de vestir com cinto fino, véu e manto sobre a túnica. 2) Ela pisa sobre o globo terrestre e sobre a serpente. Ela é a senhora que esmaga a cabeça da serpente, a corredentora junto com Nosso Senhor Jesus cristo. 3) De suas mãos saem raios. Esses raios são as graças que Nossa Senhora recebeu de Deus e pode dar a todos os que a pedirem. Segundo o relato de Santa Catarina Labouré: ‘As mãos da Virgem estenderam-se para a terra, enchendo-se de anéis cobertos de pedras preciosas. A Santíssima Virgem disse-me: ‘Eis o símbolo das Graças que derramo sobre todas as pessoas que mas pedem …’ Porém, ela lamenta: ‘mas ninguém me pede…’

O texto na frente da Medalha Milagrosa

O texto na frente da Medalha Milagrosa é uma jaculatória, ou seja, uma oração curta e poderosa, que Nossa Senhora ensinou a Catarina Labouré e pediu que todos a repetissem constantemente. A jaculatória está em Latim e significa: ‘Ó Maria concebida sem pecado, rogai por nós, que recorremos a Vós’. O termo ‘Concebida sem pecado’ refere à Imaculada concepção de Maria.No reverso da medalha

12 estrelas

As doze estrelas na borda do reverso da Medalha Milagrosa simbolizam os doze apóstolos e a Doutrina dos Apóstolos. Significa que Nossa Senhora nunca contradiz o ensinamento dos Apóstolos e da Igreja. Significam também que Nossa Senhora é Rainha dos Apóstolos e que todo ‘Apóstolo verdadeiro’ carrega as bênçãos da Mãe de Jesus.

A cruz e a letra M

Santa Catarina relata: ‘…vi no seu reverso: a letra M, tendo uma cruz na parte de cima, com um traço na base.’ A letra ‘M’ é a inicial de Maria. Observe que o ‘M’ está abaixo da cruz, simbolizando que Jesus é superior a Maria. E o ‘M’ está entrelaçado na base da cruz. Significa que Maria e Jesus estão entrelaçados, unidos, inseparáveis. Maria tornou-se a corredentora da humanidade, em Jesus, desde o momento em que disse sim a Deus e Jesus se encarnou em seu ventre. E, no momento da morte de Jesus, na hora da cruz, Maria também estava lá, de pé, sofrendo com ele e dando-lhe forças no momento derradeiro. Portanto, Maria faz parte de toda a vida humana de Jesus e de sua missão salvadora.

Os Sagrados Corações de Jesus e de Maria.

Santa Catarina continua seu relato: ‘…abaixo, vi os Sagrados Corações de Jesus e de Maria. O de Jesus, cercado por uma coroa de espinhos e a arder em chamas, e o de Maria também em chamas e atravessado por uma espada, cercado de doze estrelas.’ Os Sagrados Corações de Jesus e de Maria estão presentes na Medalha Milagrosa. As chamas nesses dois corações simbolizam o amor que eles tem por cada um de nós. A espada no coração de Maria lembra-nos a profecia de Simeão: ‘Eis que uma espada de dor transpassará teu coração…’ A espada e a coroa de espinhos no coração de Jesus simbolizam o sofrimento que eles quiseram viver pela salvação da humanidade. Esses dois corações, são, na verdade, uma prova de amor de Maria e de Jesus para com todos nós. Por isso, devemos portar esta Medalha Milagrosa com toda confiança e fé, sabendo que a mensagem que ela transmite através de seus símbolos são de vida e de amor.

Oração a Nossa Senhora da Medalha Milagrosa

Ó Imaculada Virgem! Mãe de Deus e nossa Mãe, ao contemplarmos de braços abertos derramando graças sobre os que vo-las pedem, cheios de confiança na Vossa poderosa intercessão, inúmeras vezes manifestada, pela Medalha Milagrosa, embora reconhecendo a nossa indignidade, por causa de nossas numerosas culpas, acercamo-nos de vossos pés, para vos expor as nossas mais prementes necessidades… (pede-se a graça).Escutai, pois, ó Virgem da Medalha Milagrosa, este favor que confiante vos solicitamos para maior glória de Deus, engrandecimento de vosso Nome e bem de nossas almas. E para melhor servirmos ao vosso Divino Filho, inspirai-nos profundo ódio ao pecado e dai-nos coragem de nos afirmar sempre, verdadeiros cristãos. Amém.

Medalha milagrosa e todo seu mistério teve origem em Paris, França, no dia 27 de Novembro de 1830. Quando a noviça Catarina Labouré entrou na capela da congregação para fazer suas orações. Ela era uma noviça da Congregação de São Vicente de Paulo. Nesse dia a Virgem Maria apareceu e fez uma revelação que se transformaria numa onda extraordinária de milagres e maravilhosas conversões. A revelação era a Medalha Milagrosa de Nossa Senhora das Graças. Ela é, sem dúvida, uma grande revelação do amor do Pai pela humanidade. Amor este que se manifesta através de Nossa Senhora.

O relato de Catarina Labouré

Veja o relato de santa Catarina Labouré sobre a aparição. Ela escreveu assim: “…uma Senhora de mediana estatura, de rosto muito belo e formoso… Estava de pé, com um vestido de seda, cor de branco-aurora. Cobria-lhe a cabeça um véu azul, que descia até os pés… As mãos estenderam-se para a terra, enchendo-se de anéis cobertos de pedras preciosas. A Santíssima Virgem disse-me: ‘Eis o símbolo das Graças que derramo sobre todas as pessoas que mas pedem …’ Formou-se então, em volta de Nossa Senhora, um quadro oval, em que se liam, em letras de ouro, estas palavras: ‘Ó Maria concebida sem pecado, rogai por nós, que recorremos a Vós’. Depois disso o quadro que eu via virou-se, e eu vi no seu reverso: a letra M, tendo uma cruz na parte de cima, com um traço na base. Por baixo: o Sagrado Coração de Jesus e o Sagrado Coração de Maria. O de Jesus, cercado por uma coroa de espinhos em chamas, e o de Maria também em chamas e atravessado por uma espada, cercado de doze estrelas. Ao mesmo tempo, ouvi distintamente a voz da Senhora, a dizer-me: ‘Manda, manda cunhar uma medalha por este modelo. As pessoas que a trouxeram, com devoção, hão de receber muitas graças”.

Certificado de garantia

O relato de Catarina contém informações extraordinárias e maravilhosas. E o que dá um “certificado de garantia” a essa aparição é a inscrição que Nossa Senhora apresentou na visão: “Ó Maria concebida sem pecado, rogai por nós, que recorremos a Vós”. De fato, qualificação “Concebida sem pecado”, fazendo referência à Virgem Maria, ainda não era mencionada na época nem nas orações, nem nos escritos sobre Nossa Senhora. É verdade que os cristãos sempre acreditaram nessa verdade desde o começo da Igreja. Isso, porém, não tinha sido afirmado num dogma. Alguns teólogos em Roma começavam a mencionar esta verdade – a da Concepção Virginal de Maria – mas o assunto circulava apenas entre teólogos e especialistas clérigos em Roma. Era impossível que uma noviça francesa tivesse conhecimento dessa verdade naquela época. Por isso, a visão da Ir. Catarina revelando que Maria foi “Concebida sem pecado” dá uma garantia de veracidade ao relato da noviça.

Medalha Milagrosa favorece a proclamação de um dogma

Tanto que, no ano 1854, apenas vinte e quatro anos depois das aparições, o dogma da Imaculada Conceição foi proclamado oficialmente. A proclamação foi feita pelo Papa Pio IX. Em seu decreto, ele afirma que pelos merecimentos da paixão e ressurreição de Cristo e por ação especial de Deus, a Mãe de Jesus foi livre do pecado original desde o começo de sua vida, ou seja, desde o momento em que foi concebida. Nossa Senhora mesmo confirma isso quatro anos depois, ao aparecer em Lourdes, para Bernadete Sobirous.

Em Lourdes, Nossa Senhora disse a Bernadete: “Eu sou a Imaculada Conceição”. A expressão Imaculada Conceição significa ser concebida sem a marca do pecado original. Se isso não basta para dar um “certificado de garantia” a aparição de Maria a Catarina Labouré, os fatos que aconteceram depois o dão de sobra.

Nossa Senhora insiste

Passados poucos meses após as aparições, Catarina Labouré foi transferida para um asilo de velhinhos chamado Enghien XII, em outro bairro de Paris. No asilo, ela se dedicava ao cuidado dos idosos obedecendo à vocação da congregação de São Vicente de Paulo. Porém, em seus momentos de oração, uma voz a inquietava dizendo: “É preciso fazer cunhar a medalha!” Catarina tinha um confessor que se chamava Padre Aladel. Ela falou a ele sobre este pedido de Maria. Padre Aladel resistiu em acreditar que a voz vinha realmente de Nossa Senhora mas, por fim, resolveu consultar o Arcebispo de Paris que, na época, era Dom Jacinto Luís de Quélen. O arcebispo, depois de ouvir a história, conversar com Catarina e submeter tudo a um longo processo de discernimento, autorizou que as medalhas fossem cunhadas.

Os milagres da Medalha Milagrosa

Em 1832, aconteceu que uma violenta epidemia de cólera infestou Paris e levou à morte  mais de vinte e duas mil pessoas. Nessa mesma época o Pe. Aladel tinha mandado cunhar o primeiro lote de duas mil Medalhas, que foram à congregação de São Vicente. As irmãs, mais do que depressa, passaram a distribuir as medalhas ao povo. Era o mês de junho e estavam bem no meio da epidemia. Então, curas milagrosas começaram a acontecer, livrando um grande número de pessoas da morte. E, junto com as curas, verdadeiras conversões e inúmeros depoimentos atestando a proteção de Deus para aqueles usavam a Medalha.

Por tudo isso, a devoção se alastra velozmente. O povo de Paris começa a chamar a medalha de “milagrosa”.

Devoção a Medalha Milagrosa

Foi tudo tão impressionante que, em 1834, já tinha mais de 500 mil Medalhas oficialmente cunhadas. No ano seguinte, elas já eram mais de um milhão. Em 1839, o número passou de dez milhões! Em 1876, quando Catarina Labouré faleceu, mais de um bilhão delas haviam sido cunhadas pelo mundo!

Imagine o número infinito de fiéis rezou e reza a jaculatória ensinada por Maria a Santa Catarina Labouré “Ó Maria concebida sem pecado, rogai por nós, que recorremos a Vós”. Esse grito, sem dúvida, ecoou em Roma. E ele certamente influenciou o papa na decisão da proclamação do dogma especialíssimo da Imaculada Conceição.

Alguns anos mais tarde, o papa Pio XII escreveu: “Esta piedosa medalha foi, desde o primeiro momento, instrumento de tão numerosos favores, tanto espirituais como temporais, de tantas curas, proteções, e sobretudo conversões, que a voz unânime do povo chamou-a, desde logo, “Medalha Milagrosa”.

Os símbolos da Medalha Milagrosa

Os símbolos encontrados na Medalha Milagrosa são ricos de significados. Na parte frontal vê-se Nossa Senhora e a jaculatória escrita: “Ó Maria concebida sem pecado, rogai por nós, que recorremos a Vós”. Esta jaculatória confirma o dogma da Imaculada Conceição e pede a intercessão de Maria. No reverso, vemos a cruz de Cristo sobre a letra M, de Maria. Este símbolo coloca Maria em seu devido lugar: abaixo de Jesus. O Sagrado Corações de Jesus e o de sua Mãe, simbolizam o amor divino e maternal de Jesus e de Maria pela humanidade e por cada pessoa individualmente. Os espinhos a espada simbolizam os sofrimento pelos quais Jesus e Maria passaram.

Por isso, a Medalha Milagrosa de Nossa Senhora das Graças é tão especial. Levá-la é confessar a Imaculada Conceição; é amparar-se no coração de Jesus e no coração de Maria; é acreditarem todas as graças que Nossa Senhora pode conseguir para todos; é acreditar na proteção de Maria contra perigos do mundo e, acima de tudo, os perigos espirituais.

Informação adicional

Peso 300 g
Dimensões 18 x 14 x 9 cm

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Medalha Milagrosa Oval Grande Prata 925”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *